Saiba como emitir o Certificado Nacional de Vacinação Covid-19 

Saiba como emitir o Certificado Nacional de Vacinação Covid-19 

Alguns países estão exigindo que os viajantes comprovem estar vacinados contra a Covid-19 para entrar em seus territórios. Segundo a Anvisa, não há determinação da OMS e do Ministério da Saúde para emissão do Certificado Internacional de Vacinação de Covid-19. O CIVP está disponível apenas para a vacina de Febre Amarela. Mas alguns países estão aceitando o Certificado Nacional de Vacinação contra a Covid-19 como comprovante. 

O certificado nacional é disponibilizado pelo Ministério da Saúde, por meio do Conecte SUS Cidadão. Ele está disponível para todos os cidadãos que finalizarem o ciclo vacinal contra a Covid-19 e tiverem seu Registro Imunobiológico Administrado enviado para a Rede Nacional de Dados em Saúde. 

Esse registro é inserido nos sistemas de informação integrados à Rede Nacional de Dados em Saúde – RNDS, Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações/SI-PNI, Sistema e-SUS Atenção Primária à Saúde ou outros sistemas próprios, definidos pelos estados e municípios. Com esses dados enviados e processados para a RNDS/Ministério da Saúde, os dados são apresentados de forma automática no Conecte SUS. Com isso, o cidadão poderá emitir o certificado no serviço vacina do aplicativo ou na versão web do Conecte SUS Cidadão.  

Para emitir o Certificado Nacional de Vacinação, é necessário acessar o site ou o aplicativo Conecte SUS. Você deve ter um login na plataforma Gov.br, portal de serviços digitais do governo federal. Quem ainda não se cadastrou pode fazer na hora, seja acessando o site ou o aplicativo. 

Uma vez feito o login, ao clicar no ícone Cidadão, a pessoa terá acesso a uma série de serviços, incluindo o histórico de utilização do SUS. Na opção do menu Vacinas, deve constar as doses contra covid-19 que foram tomadas. 

Para emitir o CNV, deve-se marcar a opção Certificado de Vacinação. O sistema fornecerá então um código de 16 dígitos e um QR Code para validação do documento, que poderá ser baixado em formato PDF em três línguas: português, inglês e espanhol. 

No aplicativo Conecte SUS, o procedimento é similar. Uma vez instalado no celular e feito o login por meio do cadastro na plataforma Gov.br, o usuário deve clicar na opção Vacinas, que estará na página inicial. Deve-se então selecionar a vacina contra Covid-19 e selecionar a opção Certificado de Vacinação.

O aplicativo dá também a opção de baixar uma versão em PDF do comprovante. 

O documento apresenta informações com dados cadastrais do vacinado (nome, data de nascimento, sexo, CPF), data e horário da emissão do certificado, dados de autenticação do certificado, e informações sobre as doses de vacinas administradas (data de aplicação, instituição responsável pela fabricação ou importação da vacina, nome da vacina, descrição da dose, lote e estabelecimento de saúde). 

É possível ainda autenticar o certificado, utilizando o código de 16 dígitos e/ou QRCode apresentado no documento, sem custo algum para o cidadão. No momento, este documento é válido somente em território nacional e tem validade de doze meses a partir da data de emissão. A autenticação do documento pode ser realizada pelo leitor de QR Code do próprio aplicativo Conecte SUS, usando as câmeras nativas do dispositivo, ou pelo site Valida Certidão: https://validacertidao.saude.gov.br/ 

*Com informações da Agência Brasil e do site gov.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *