Prorrogada Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação até o fim de setembro 

Prorrogada Campanha de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação até o fim de setembro 

Com informações do Ministério da Saúde e da Agência Brasil

O Ministério da Saúde anunciou a prorrogação da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação até o dia 30 de setembro. Incialmente, a campanha seria realizada até o dia 9 de setembro. A ampliação do prazo, divulgada na terça-feira (6), tem o objetivo de aumentar as coberturas vacinais e a adesão da população a vacinação. 

Em relação a poliomielite, também conhecida como paralisia infantil, apenas 34,4% das crianças entre seis meses e 4 anos 11 meses e 29 dias de idade foram imunizadas com 3,9 milhões de doses aplicadas, segundo a Agência Brasil. A meta era chegar a 95% do público-alvo de 11,5 milhões de crianças. 

A cobertura vacinal dos imunizantes disponíveis no SUS está em queda desde 2015. Graças a vacinação, algumas doenças foram eliminadas do país, mas a queda no número de imunizados pode fazer com que haja a reintrodução dessas enfermidades. Segundo o MS, o Brasil já eliminou a Poliomielite (paralisia infantil); a Síndrome da Rubéola Congênita; a Rubéola; o Tétano Materno e Neonatal; e a Varíola. 

Aumentar as coberturas vacinais é importante porque quanto maior o número de pessoas vacinadas, menor a chance dos agentes infecciosos se espalharem. Por isso, é importante verificar a situação vacinal das crianças e adolescentes e levá-los aos postos de saúde para colocar a carteirinha em dia. 

A vacinação continuará disponível nos postos do país o ano todo e deve ser procurada, mesmo após o fim da Campanha.  

Vacinas 

Além da VIP (Vacina Inativada Poliomielite), outras 17 vacinas estão disponíveis para crianças e adolescentes até 15 anos atualizarem a caderneta de vacinação em todo o Brasil. As vacinas do Calendário Nacional de Vacinação, disponíveis para atualização da carteirinha são: hepatite A e B, Penta (DTP/Hib/Hep B), pneumocócica 10 valente, VRH (Vacina Rotavírus Humano), Meningocócica C (conjugada), VOP (Vacina Oral Poliomielite), febre amarela, Tríplice viral (Sarampo, Rubéola, Caxumba), Tetraviral (Sarampo, Rubéola, Caxumba, Varicela), DTP (tríplice bacteriana), Varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano). 

Também estão à disposição para os adolescentes, as vacinas HPV, dT (dupla adulto), febre amarela, Tríplice viral, Hepatite B, dTpa e meningocócica ACWY (conjugada). Todos os imunizantes que integram o Programa Nacional de Imunizações (PNI) são seguros e estão registrados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

A campanha de vacinação coincide com a imunização contra a covid-19 em andamento. Segundo o Ministério, as vacinas de covid-19 poderão ser administradas de maneira simultânea ou com qualquer intervalo com as demais do Calendário Nacional, na população a partir de 3 anos de idade. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.