15/02/2019

Setor

Balanço 2018: País registra 33 medicamentos com novas substâncias

Guia da Farmácia Online

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) registrou, em 2018, 827 medicamentos, produtos biológicos e insumos farmacêuticos ativos. Destes, 33 continham uma nova substância ativa que foi, pela primeira vez, autorizada no Brasil. Entre eles estão medicamentos destinados a crianças e ao tratamento de doenças raras.

Também foram concedidos 24 registros de genéricos inéditos, além de quatro registros de produtos biossimilares, tornando esses produtos mais acessíveis devido à redução dos custos. Biossimilares são produtos biológicos produzidos a partir de um organismo vivo. Estes e outros dados estão no infográfico divulgado pela Anvisa com os destaques de 2018.

Quando um medicamento é colocado no mercado, a Anvisa monitora, continuamente, a qualidade e a relação entre benefício e risco do medicamento nas condições de utilização autorizadas. O objetivo deste monitoramento é garantir o acesso a medicamentos com segurança e eficácia adequadas ao uso.

Voltar

Abbot
Abbvie
Actavis
Actelion
Aegerion
Alexion
Allergan
Amgen
Astellas
Astra Zeneca
Bago
Bayer
Besins
Biogen Idec
Biomarin
Biominas
BMS
Boehringer Ingelheim
Celgene
Chiesi
Daiichi Sankyo
Eisai
Ferring Farmaceuticals
Galderma
Ge
Glenmark
Grunenthal
GSK
Ipsen
Isdin
Janssen
LEO
Lilly
Lundbeck
MSD
Mundipharma
Novartis
Novo Nordisk
Pfizer
Pharma Praxis
Pierre Fabre
Reckitt
Roche
Sanofi Aventis
Servier
Shire
Stiefel
Takeda
Teva
Theraskin
UCB
Vertex Pharmaceuticals
Zambon