Nísia Trindade assume Ministério da Saúde

Nísia Trindade assume Ministério da Saúde

A cientista, pesquisadora e ex-presidente da Fiocruz Nísia Trindade assumiu na segunda-feira, 2 de janeiro, o posto de ministra da Saúde. O presidente da Interfarma, Eduardo Calderari, esteve presente na cerimônia de transmissão de cargo, no auditório da pasta, em Brasília.

Nísia afirmou, em seu discurso de posse, que sua gestão será pautada pela ciência e pelo diálogo com a comunidade científica. Destacou ainda que, em 15 dias, terá uma avaliação das portarias que ferem a ciência, os direitos humanos e os direitos sexuais e reprodutivos para que sejam revogadas. Como primeiras medidas da pasta, ela colocou a retomada de programas para combate das ISTs, AIDS e Hepatites.

Seu discurso também trouxe pontos importantes, que são defendidos pela Interfarma, como o fortalecimento do Programa Nacional de Imunização (PNI), algo essencial diante da queda da cobertura vacinal dos imunizantes disponíveis gratuitamente pelo SUS para toda a população brasileira.

Outros pontos citados pela nova ministra foram a revisão dos recursos destinados ao SUS, a saúde digital como prioridade, a criação de uma diretoria de Assuntos Oncológicos (Secretária de Atenção Especial em Saúde), o fortalecimento da Farmácia Popular e do Complexo Industrial da Saúde e a participação do Brasil nas discussões e fóruns internacionais, com parceria ampliada com a OPAS e a OMS.

A Interfarma e suas associadas reafirmam seu compromisso de atuar junto ao Ministério da Saúde e ao novo governo para impactar positivamente os sistemas de saúde brasileiros e a vida da população brasileira.

Nomeações

Durante a cerimônia de transmissão de cargo, a nova ministra anunciou os seguintes nomes:

– Swedenberger do Nascimento Barbosa como secretário-executivo:

– Nésio Fernandes como secretário de Atenção Primária à Saúde;

– Helvécio Magalhães como secretário de Atenção Especializada à Saúde;

– Ethel Maciel como secretária de Vigilância em Saúde e Ambiente;

– Carlos Gadelha como secretário de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos;

– Isabela Pinto como secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde;

– Ana Estela Haddad como secretária da Informação e Saúde Digital;

– Weibe Tapeba como secretário de Saúde Indígena.

*Com informações da Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.