Estratégia de comunicação da Interfarma para Oncológicos Orais

Estratégia de comunicação da Interfarma para Oncológicos Orais

A Interfarma tem tido uma forte atuação para a aprovação do Projeto de Lei 6330/2019, de autoria do senador Reguffe (PODEMOS/DF). Além da publicação de conteúdo sobre oncológicos orais em suas redes sociais, a Associação tem realizado reuniões com parlamentares e órgãos do governo para defender a relevância do PL. 

Diante do veto presidencial, no dia 26 de julho, a Associação adotou estratégia de comunicação para mostrar a importância do projeto para melhorar o acesso e a qualidade de vida dos pacientes oncológicos e, assim, mobilizar a opinião pública. O veto deve ser analisado agora pelo Congresso Nacional, que pode mantê-lo ou derrubá-lo. 

A seguir apresentamos as matérias que foram publicadas sobre o veto presidencial: 

Veto presidencial 

Jornal da Noite, TV Bandeirantes 

Site da Band 

Metropoles 

Correio Braziliense 

Aprovação na Câmara dos Deputados 

No dia 1o. de julho, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto com 398 votos favoráveis na Câmara e 10 contrários, após ele ter sido aprovado por unanimidade no Senado Federal. 

O texto foi para votação do plenário após o requerimento de urgência de autoria do deputado Wolney Queiroz (PDT/PE) foi aprovado no dia 24 de junho. Designada como relatora no dia 29 de junho, a deputada Silvia Cristina (PDT/RO) apresentou, o parecer favorável (leia aqui) à aprovação do PL, destacando que a administração oral de antineoplásicos melhora o bem-estar do paciente e, em um momento de pandemia, é uma proteção contra a contaminação pelo coronavírus. 

A equipe de comunicação e assessoria da Interfarma entraram em contato com os meios de comunicação e conseguiram destaque na imprensa na época. A seguir, apresentamos as matérias publicadas:
Yahoo Notícias 

Jornal Extra 

Jornal O Globo 

G1 

Metropoles 

IG 

Correio Braziliense 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.